quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Chuva...

Chuva ...chuvinha ...chuvada.
Pelos ventos fustigada
Eu apanhei em garota.
Adorava aquela chuva
Se fosse no Verão
Corria para a rua
Para ficar encharcada.
Ai como eu gostava!
No inverno não fazia
Pelo frio, pela geada.
Mas se chuva apanhava
Na lareira eu secava.
Constipada???
Acho que não ficava.
...
M. Teresa Fernandes

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Nem toda a gente gosta da chuva como eu gosto.

Nem toda a gente gosta da chuva
como eu gosto.
Quando cai generosa e bendita
na sede de mil bocas,
quando é torrente dum rio caudaloso
lançada ao vento
com a força dum ímpeto,
quando é miúda e fraca,
leve como uma carícia,
quando vergasta fria
num momento circunstancial
da noite ou do dia!

Nem toda a gente gosta da chuva
como eu gosto!
nem nunca houve momento
em que me fosse menos benvinda
aposto!
Cai em mim como um bálsamo
como um Lago de Paz,
como um afago,
e dá-me a harmonia plena
dum acolhimento.

Oh! nem toda a gente gosta da chuva
como eu gosto!


(EtFreire)