sábado, 5 de setembro de 2009

Babense eu sou

Babense de origem
Onde em criança cresci
Em liberdade na natureza
Mas muitas vezes caí...
Quando a árvores subia
E nem sempre me segurava
Algumas quedas eu dei
Que me deixaram marcada.
Em cicatrizes no corpo
Algumas bem complicadas
Valeu aquele ar puro
Educação humanizada!
Apesar da humildade local
E da pobreza dos bens materiais.
Recordo a infância, sim
Sem grandes suspiros e ais.
O que não aconteceu depois
dessa faixa etária que
Raramente foi serenada
Com vida atormentada
Por tempestades diversas.
...
M. Teresa Fernandes

Sem comentários: