terça-feira, 10 de março de 2009

Por este rio acima (Fausto)

3 comentários:

mc disse...

Parabéns por este post rico em imagens da linha do Tua.
Desde sempre o comboio desta linha marcou pesença na minha vida.À partida e à chegada via-o ,esticando-me à janela da cozinha de casa.Desde muito novo o vi em manobras na estação junto à escola primária que frquntei em Bragança.As primeiras viagens até Espinho,com passagem pelo Porto onde tudo era diferente e grande.Os anos de estudos em Lisboa com as idas e vindas ,várias cada ano.As inovações no material circulante, as alterações à via no troço de entrada e saída em Bragança nos finais de 60. A minha última viagem, muitos anos depois, no verão de 1988 com as estações já sem luz nem vida própria ,anunciando um fim sem glória nem encanto.Nem a acção de autarcas de Mirandela foi incentivo a renovar e conservar o troço a caminho do Tua - o exemplo de "belo horrível" que me recordo de nos ter sido apresentado numa aula de Português no liceu!
O Tua era a abertura para espaços mais largos - a via larga para as cidades, as multidões e o progresso!
... Tudo a ser criteriosamente afundado agora pelos cálculos da destruição metódica e implacável do novo progresso energético , os bolos para os novos tolos!!!
Parabéns de novo! 12.3.09

Zira disse...

Obrigada mc!

Todos nós temos histórias dessa linda viagem !
Lamento não a puder fazer com o meu neto com os meus filhos ainda a fiz
em passeio Bragança Lisboa!

Abraço
Bom fim de semana
Zira

Tere disse...

Eu fazia fazia para era em viagem Porto Bragança e vice versa...e do Tua para cima, em alturas festivas tanta gente em pé e apertadinhos!!!

Esse comboio e essa linha são pois história da minha vida também!

Abraço mc e Zira.