terça-feira, 18 de novembro de 2008

"O amor muda como as folhas das árvores no outono.
E, se eu for capaz de entender isto, serei capaz de amar."
(Emily Brönte)

Sem comentários: