terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Momento

Momento fugaz aquele...
De inexorável encontro
Na montanha bem altiva
Corria um vento suave
Naquelas lombas perenes.

Que dia após dia…
Seus braços ampliam
Em sedução infinita
À liberdade de amar...

Na Natureza agreste
Que constantemente altera
Ora seca e fria...
Ora de inolvidável colorido
Em plena policromia.

Num âmago de amor infindo
Inóspita e sempre atenta
Às emoções de humanos
Umas de tristeza imensa
Outras de alegria tamanha

De manhã...ou no crepúsculo
Como
Naquele inexorável encontro
Ela…a Natureza...tu e eu
Num silêncio imensurável
Sentido...Inolvidável.

Naquele entardecer imaginado!

M. Teresa Fernandes

2 comentários:

ESPÍRITU disse...

A luz que te deixo é da cor da minha vida...)

MT disse...

Obrigadaaaaaaaaaaaaaaa espiritu