quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Aquele Campanário

Campanário com escadas íngremes
Que muitas vezes eu subi
Ver longe o horizonte…
Ou ficar somente ali.

Colocar Santa Bárbara
Em dias de trovoada
Quando D. Maria saía
E de tal me incumbia.
Eu, pequena ainda
Com medo de partir a santa
Subia devagarinho
E punha-a com cuidado.
Vindo depois para baixo
Ver se estava no lado certo
E rezava a oração de Santa Bárbara
Para afastar a trovoada!
O que nem sempre acontecia...
.
M.Teresa Fernandes

2 comentários:

Mª Alzira disse...

paisagem deslumbrante nos ofereceu e ainda oferece esse campanario

MT disse...

O ponto de observação do espaço envolvente, até mesmo ao território espanhol...