quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Naquela noite


Subi ao campanário
Passeei pelas ruas
Olhando estrelas brilhantes
Recordando o tempo ido
Em que não havia electricidade
Via o céu mais brilhante
Contava e recontava
Estrelas até mais não
Para passar o tempo
E olhar o firmamento
Sossegadamente,

Em cada novo Verão

.

M. Teresa

Sem comentários: