segunda-feira, 5 de novembro de 2007

MORENA REBELDE

Morena rebelde
No campo nascida
De anjinho celeste
Por vezes vestida.
Eram caracóis
Em cabelo lisos.
Vestido de cetim
Asas e ouro vivo.
De uma das santas
Lá da nossa Igreja
Tudo a preceito
De fazer inveja!
Nas procissões
Com cestas de flores
Lançava convicta
Para os andores.
Que saíam nas festas
Em volta do povo
A moreninha, em seu estar
Vestido branco ou rosa
Sentindo-se, então
Nesses dias de festa
Menina famosa.
.
Maria Teresa
Dedicada à senhora dona Ermelinda que nme fazia os referidos caracóis no cabelo

Sem comentários: